JORNAL TERESINA NEWS: Abril 2018
loading...

segunda-feira, 30 de abril de 2018

Suplentes de deputados presos devem assumir nos próximos dias, diz Maia

Zé Augusto Nalin (DEM-RJ) ocupará o lugar de Celso Jacob (MDB)-RJ), e Edinho Bez (MDB) entrará na vaga de João Rodrigues (PSD-SC)

Suplentes de deputados presos devem assumir nos próximos dias, diz Maia
Os suplentes dos deputados federais Celso Jacob (MDB-RJ) e João Rodrigues (PSD-SC), presos por determinação do Supremo Tribunal Federal (STF), devem assumir as cadeiras na Câmara nos próximos dias, segundo o presidente da Casa, Rodrigo Maia (DEM-RJ).
O primeiro foi condenado a sete anos e dois meses de prisão, por falsificação de documento público e dispensa de licitação fora das hipóteses previstas em lei, enquanto o segundo cumpre cinco anos e três meses de reclusão, em regime semiaberto, por fraude e dispensa de licitação quando era prefeito de Pinhalzinho (SC).
"Do Jacob, vou chamar o suplente hoje. O suplente vai assumir. O suplente assume tudo. Toda a estrutura de gabinte dele [Jacob] já estava congelada. No caso do deputado João Rodrigues, espero esta semana que o STJ [Superior Tribunal de Justiça] possa julgar o recurso e em algumas semanas devemos chamar o suplente", afirmou Maia, nesta segunda-feira (30).
Zé Augusto Nalin (DEM-RJ) ocupará o lugar de Jacob, e Edinho Bez (MDB) entrará na vaga de Rodrigues.
Fonte: Noticias ao minuto

Homem ferido em acampamento pró-Lula deve ter alta da UTI nesta segunda

Jeferson Lima de Menezes, de 39 anos, foi atingido de raspão no pescoço durante um ataque a tiros no último sábado (28)

Homem ferido em acampamento pró-Lula deve ter alta da UTI nesta segunda
© Reuters / Rodolfo Buhrer

O homem que foi baleado durante um ataque a tiros contra o acampamento Marisa Letícia, em Curitiba, na madrugada de sábado, 28, teve melhora em seu estado de saúde. Segundo informações da Secretaria da Saúde da cidade, Jeferson Lima de Menezes, de 39 anos, deve receber alta da Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) nesta segunda-feira, 30. O rapaz participava da vigília em apoio ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, condenado e preso pela Operação Lava Jato desde o dia 7 de abril.
A vítima foi atingida de raspão no pescoço quando uma pessoa chegou a pé até o local onde o grupo estava reunido e disparou. Ele foi internado em estado grave no Hospital do Trabalhador e deve permanecer na enfermaria durante os próximos dias. Ainda de acordo com o boletim médico, "o paciente está acordado e estável, porém com necessidade de ventilação mecânica". Os resultados dos exames laboratoriais feitos na manhã desta segunda-feira foram classificados como "bons".
Investigação
Jeferson Lima de Menezes será ouvido pela polícia assim que tiver alta do hospital onde está internado. A informação foi confirmada pela assessoria de imprensa da Polícia Civil do Paraná no domingo, 29.
Imagens de câmera de segurança registraram o momento em que um homem atirou contra o acampamento. O autor dos disparos ainda não foi identificado e outras testemunhas, além de Menezes, serão ouvidas. Uma mulher também foi ferida no ombro durante o ataque, sem gravidade.
Caravana
Esse foi o segundo atentado contra apoiadores do ex-presidente Lula este ano. No dia 27 de março, ônibus que acompanhavam o ex-presidente foram atingidos por tiros no interior do Paraná. Na ocasião, dois tiros perfuraram a lataria de um dos três veículos da comitiva petista na Rodovia PR-473, entre os municípios de Quedas do Iguaçu e Laranjeiras do Sul, no oeste do Estado. Com informações do Estadão Conteúdo. 
Fonte; Noticias ao minuto

sexta-feira, 27 de abril de 2018

Abel Neto deixa Rede Globo e vai para FOX


Crédito: Divulgação TV Globo

O jornalista Abel Neto vai trocar a rede Globo pelo canal Fox Sports. As informações são do portal UOL. Abel começou a carreira no jornalismo esportivo em 1997 no jornal Lance. Após cobrir folgas e férias de repórteres da Globo, na capital paulista, acabou fixado na Globo São Paulo em 2000, inicialmente para a cobertura de Corinthians, Palmeiras e São Paulo e por vezes também a Portuguesa.
Ele participou de diversas coberturas como Campeonato Brasileiro, Libertadores, Copa América e Pan-Americano. O repórter também já apresentou o Globo Esporte na TV aberta.
Além da saída de Abel, a Globo terá um novo nome no elenco de comentaristas na Copa do Mundo. A emissora aposta no goleiro Júlio César, que resolveu encerrar a carreira no Flamengo. Ele está confirmado para participar do Central da Copa, programa que começou no mundial da África do Sul.

Temer diz que anunciará aumento no Bolsa Família ainda nesta sexta

"Estou fechando os valores", disse o presidente, após almoço oferecido ao chefe do executivo chileno, Sebastian Piñera

Temer diz que anunciará aumento no Bolsa Família ainda nesta sexta
© Alan Santos/PR

Depois de oferecer um almoço, no Itamaraty, para o presidente do Chile, Sebastian Piñera, que está em viagem oficial ao Brasil, Michel Temer afirmou que o anúncio de reajuste do Bolsa Família deve ser feito ainda nesta sexta-feira (27).
"Vou anunciar hoje à tarde. [...] Estou fechando os valores", afirmou o presidente, sem dar mais detalhes, conforme o portal G1.
De acordo com informações da Folhapress, com a alegação de que não há espaço orçamentário para um reajuste robusto, a Fazenda e o Planejamento têm defendido conceder um aumento de 3%, pouco superior à inflação oficial do ano passado, que fechou em 2,95%.
O percentual, no entanto, é considerado insuficiente pela equipe política de Temer, que tem pressionado por um reajuste de no mínimo 5%, que permita ao governo federal colher dividendos eleitorais com o anúncio.
Em conversas reservadas, o presidente tem admitido que pretende conceder um reajuste superior a 3%.
O receio do Palácio do Planalto é que uma simples correção inflacionária possa ser usada por candidatos adversários como argumento de que o MDB fez pouco pela área social.
No ano passado, com o mesmo discurso sobre a falta de recursos, o Bolsa Família não teve reajuste. A ideia inicial era conceder um aumento de 4,6%, como uma maneira de tentar diminuir rejeição do governo, mas foi freado pela equipe econômica.
Para este ano, o presidente chegou a discutir incluir no percentual de reajuste um adicional por conta da valorização do botijão de gás, que em dezembro teve alta de 16,39% em relação ao mesmo mês do ano anterior. O plano, contudo, foi abandonado.
Com uma reprovação de 70%, como mostrou o Datafolha, o presidente tem articulado uma candidatura à reeleição para ficar em evidência e evitar que seu mandato perca apoios político e econômico antes do final do ano.
O anúncio do reajuste do Bolsa Família faz parte do pacote eleitoral montado pelo Palácio do Planalto para tentar viabilizar pelo menos o presidente como um fiador do processo eleitoral.
Fonte Noticias ao minuto